Snooker - Burger - Bar

Petiscos - Refeições - Eventos

Líder em UTFPR

Líder em aprovação na Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Curta nossa página no facebook

Suplementos Alimentares

ADEREÇOS - FIGURINOS - MAQUIAGEM

As fantasias que os professores usam nos eventos culturais e aulões você encontra aqui!

A ESCOLHA DE QUEM PENSA

O Curso que mais cresce em Curitiba

Culinária Árabe

Shawarma do Bába

Filosofia - 24 de Setembro de 2016

Olá pessoal!

Segue o link para download da apresentação deste sábado, dia 24 de setembro.

Material de Matemática - CIM - Prof. Pedro Adriano

Material a ser utilizado no dia 13 de agosto, sábado. Clique aqui!

AULAS DE FILOSOFIA


Olá a todos,

Segue o link para os arquivos da prova Específica de Filosofia - UFPR 2016/7

Bom estudo!

https://www.dropbox.com/sh/i2kq3dm2y96zc1u/AADMQeILx_6cqCYPcX8QLVPLa?dl=0


Atividades de Teoria da História

1. O historiador constrói sua pesquisa sobre o passado a partir de questões do tempo presente. Nas suas análises, estabelece um diálogo com os tempos históricos e procura compreender a cultura humana na sua diversidade. Nessa perspectiva, é correto afirmar que:

a) o historiador deve montar sua pesquisa, utilizando-se da documentação escrita e desprezando os outros registros da cultura.
b) o diálogo entre os tempos históricos evidencia que o passado é o tempo do atraso e da barbárie.
c) a história é uma construção coletiva, cabendo ao historiador compreendê-la sem estabelecer hierarquias entre os diversos tempos históricos.
d) as velozes mudanças, que marcam a sociedade contemporânea, impedem uma melhor compreensão do passado, esvaziando o significado dos estudos históricos.
e) o historiador deve priorizar, apenas, aspectos da cultura que expressem mudanças radicais nas relações sociais.

2. (FESP) A História é marcada por continuidades e descontinuidades que mostram as dificuldades encontradas pelos homens na sua luta para construir sua cultura. Para compreender esses processos, o historiador deve considerar que:
a) cada cultura é um reflexo das vontades e das necessidades individuais dos povos, sendo importante destacar que as conquistas materiais determinam mecanicamente a maneira de sentir a pensar;
b) os processos históricos são um conjunto de comportamentos que se repetem, criando culturas com estruturas semelhantes;
c) a análise dos fatos históricos exige critérios teóricos e metodológicos, para que se possa ter uma melhor compreensão do que aconteceu;
d) a História é um conjunto de fatos que jamais se repetirão, onde o papel das grandes personalidades merece destaque especial, para que se chegue a uma verdade definitiva;
e) os povos produzem suas histórias determinadas pelos seus desejos e pelas suas necessidades, mas não conseguem se libertar do domínio das forças da natureza.

3. (UFRN) No texto abaixo, o historiador grego Tucídides apresenta elementos essenciais da constituição da História como disciplina científica.
“Os homens [comuns], na verdade, aceitam uns dos outros relatos de segunda mão dos eventos passados, negligenciando pô-los à prova. (…)
Quanto aos fatos da guerra, considerei meu dever relatá-los, não como apurados através de algum informante casual nem como me parecia provável, mas somente após investigar cada detalhe com o maior rigor possível, seja no caso de eventos dos quais eu mesmo participei, seja naqueles a respeito dos quais obtive informações de terceiros. O empenho em apurar os fatos se constitui numa tarefa laboriosa, pois as testemunhas oculares de vários eventos nem sempre faziam os mesmos relatos a respeito das mesmas coisas, mas variavam de acordo com suas simpatias por um lado ou pelo outro, ou de acordo com sua memória. Pode acontecer que a ausência do fabuloso em minha narrativa pareça menos agradável ao ouvido, mas quem quer que deseje ter uma idéia clara tanto dos eventos ocorridos quanto daqueles que algum dia voltará a ocorrer em circunstâncias idênticas ou semelhantes em conseqüência de seu conteúdo humano, julgará a minha história útil e isto me bastará. Na verdade, ela foi feita para ser um patrimônio sempre útil, e não uma composição a ser ouvida apenas no momento da competição por algum prêmio.”
Segundo o texto,
a) a pretensão de o historiador possuir a verdade é ilegítima, já que ele tece a narrativa com elementos de segunda mão.
b) o historiador, para enriquecer a narrativa, deve recorrer ao auxílio de fábulas.
c) o testemunho baseado na memória garante a credibilidade do relato histórico.
d) a História é definida como um saber que, através da apuração rigorosa dos fatos, tem relação privilegiada com a verdade.

4. Leia o fragmento abaixo:

“As peripécias do historiador em arquivos e bibliotecas às vezes se assemelham ao trabalho do detetive em busca de pistas para desvendar um mistério”.

Fonte: De Decca, Edgar Salvadori. Território de Fronteira. Revista de História da
Biblioteca Nacional. Rio de Janeiro: Ano II, n. 13, outubro de 2006, p 98.

A respeito da citação acima, considere as seguintes afirmativas:

I. Ela sugere que o trabalho de pesquisa do historiador se revela um verdadeiro quebra-cabeças, na descoberta e elucidação de documentos.
II. Ela destaca que indícios e sinais também compõem as pistas seguidas pelo historiador no trabalho de pesquisa histórica.
III. Ela insinua que o trabalho que o historiador realizava em arquivos e bibliotecas está obsoleto, modernamente, o historiador desenvolve seu ofício como um detetive, entrevistando, perguntando e ouvindo.
São corretas:

a) apenas I e II
b) apenas II e III
c) apenas I e III
d) I, II e III