Documento alterado: Fidel


Quando, no verão de 1968, Fidel Castro (à direita) aprova a intervenção soviética na Tchecoslováquia, Carlos Franqui (meio) corta relações com o regime e vai para o exílio na Itália. Sua imagem foi removida a partir de fotografias.

Reações: