Oscar 2013

Apesar de não ter assistido todos os filmes, como eu mencionei no Telecast 14, a escolha de Argo para melhor filme, pelos membros da Academia, não foi nenhuma surpresa.
O filme, que estreou aqui no Brasil no final do ano passado, do meu ponto de vista, só é inferior em produção, ao épico Os Miseráveis. Mas, aí pela originalidade, mereceu o prêmio. A minha torcida, e como torci, era para Aventuras de Pi, para mim o melhor do ano... mas quem sou eu na ordem do dia para opinar sobre isso... perto dos caras de lá, não sou nada, a não ser um mero espectador!

No restante, já era esperado que Daniel Day Lewis vencesse como melhor ator, pelo seu brilhante desempenho em Lincoln. O mesmo digo para Christopher Waltz pelo seu papel em Django (que foi injustiçado pela Academia). Melhor atriz, também, surpresa nenhuma. O trabalho de Anne Hathaway, em Os Miseráveis, como coadjuvante, e Jennifer Lawrence em O Lado bom da vida, mereceram suas indicações e prêmios.

No mais, valeu pela festa de Hollywood. Agradeço ao Spielberg pelo convite, mas não pude comparecer na cerimônia, pois tinha aula hoje cedo aqui em Curitiba. Valeu Spielberg!

Reações: